24/01/19 | 17:06
Candidatos em situação de reserva estão aptos a realizar o remanejamento do Bolsa Idiomas

Até as 23h59 do próximo domingo, 27/1, 8.812 candidatos em situação de reserva estão aptos a realizar o remanejamento do Programa Bolsa Idiomas, da Prefeitura de Manaus, no site http://portalespi.manaus.am.gov.br. Nesta etapa, estão disponíveis 6.386 vagas, desde as 9h desta quinta-feira, 24/1.

Coordenado pela Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad), por meio da Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi), o Programa oferece, nesta edição, bolsas de 50%, 75% e 100% em cursos de inglês, espanhol, alemão, francês, italiano, japonês e mandarim.

 De acordo com o secretário da Semad, Lucas Bandiera, as bolsas são remanescentes da primeira chamada do Programa. “Os candidatos que não entregaram a documentação ou que por ventura não se enquadraram nos requisitos previstos na legislação deixam vaga em aberto”, explica.

 Por meio do portal do candidato, é possível escolher uma nova opção de curso, turno ou instituição, segundo a diretora-geral da Espi, Stela Cyrino. “Os candidatos que estão na condição de reserva deverão acessar o site portalespi.manaus.am.gov.br, escolher a opção Programa Bolsa Idiomas e fazer uma nova escolha de curso ou até mesmo uma nova escola de idiomas entre as que estarão disponível no sistema”.

 Desde a sua criação pelo prefeito Arthur Virgílio Neto, em 2013, o Bolsa Idiomas já ofertou mais de 111,8 mil vagas em cursos de idiomas para pessoas de baixa renda. No ano passado, mudanças na legislação do Programa abriram a oferta de idiomas, permitindo o credenciamento de novas opções além de inglês e espanhol em seus processos seletivos.

 Além disso, o limite de renda foi ampliado, a partir desta edição, de 1,5 para 2,5 salários mínimos por pessoa da família. Para concorrer às vagas, os candidatos devem ser residentes em Manaus, a partir de 16 anos, estar cursando ou ter concluído o ensino médio e não ser beneficiário de programa similar mantido pelo poder público.

 Nesta edição, o programa conta com a parceria das escolas de idiomas Argus, Aslan, Dom Bosco, Fucapi, Inglês e Companhia, Instituto Cultural Brasil-Estados Unidos (Icbeu), Multicursos, My Way Idiomas, Quality e Yes Idiomas.

— —

Texto: Hariele Quara / Semad