Novo cartão combustível é parte do plano de redução de custos da Prefeitura

Como parte do plano de redução de custos, determinado pelo prefeito Arthur Virgílio Neto para este ano, representantes de órgãos e secretarias da Prefeitura de Manaus receberam orientações sobre o novo cartão combustível. A proposta é que o cartão ajude no contingenciamento de 15% das verbas de custeio da máquina pública municipal, conforme planejamento.

As regras para a utilização do cartão foram repassadas pelo Departamento de Controle de Contas Públicas (DCCP) para cerca de 50 representantes da prefeitura, no auditório da Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad).

Durante a instrução, foram repassadas orientações quanto ao uso do novo cartão magnético a ser utilizado para o abastecimento dos veículos da frota oficial, incluindo matrícula e senha dos servidores responsáveis pelo serviço, bem como a emissão de relatórios diários, semanais e mensais para o acompanhamento por parte da Semad.

“O objetivo é orientar para o emprego do novo cartão, bem como informar os responsáveis pelo serviço sobre a redução de 15% nas despesas desse item que terão que ser alcançados este ano”, explica o titular da Semad, Serafim Meirelles Neto. Segundo Meirelles, a meta determinada pelo prefeito é uma forma de disciplinar os custos da prefeitura com combustível – umas das principais áreas de consumo – otimizando seu uso.

“Cabe a Semad como gestora do abastecimento, orientar para a contenção de custos visando assegurar também o uso racional dos recursos públicos”, ressalta o secretário.

Representando a Semad, participaram do treinamento a subsecretária de Gestão de Processos, Ricarda Pinho Galvão; a chefe do Departamento de Controle de Contas Públicas (DCCP), Sônia Lira; técnicos, gerentes e servidores de órgãos e secretarias.

Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão – Semad

Assessoria de Comunicação: 3215-3442